Menu

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

O nosso inacreditável fim-de-semana!

É incrível como um fim-de-semana prolongado pode dar para fazer tanta coisa! 
Na quinta-feira lá fomos nós para Viana do Castelo e eu levava expectativas bem elevadas! Chegámos já de noite, apesar de serem ainda seis da tarde. Fiquei logo apaixonada pela cidade! E à medida que íamos subindo até à Pousada do Monte de Santa Luzia ia ficando ainda mais rendida! A vista lá de cima é fantástica, daquelas que dá direito a postais!

Como estava um frio do caraças, e queríamos ter um jantar tranquilo, sem ter de pensar em conduzir a seguir, acabámos por ir ao restaurante da Pousada, quentinho e com aquela vista de cortar a respiração. O que sempre me fascinou em Viana do Castelo, apesar de nunca lá ter ido antes, é a proximidade do mar. Do monte de Santa Luzia vemos as praias, o que para mim é estranho, habituada que estou a uma cidade banhada pelo rio. Tudo bem que as praias até estão perto, mas não estão logo ali, à vista de todos!
Depois do jantarinho bem regado a vinho verde da região, ainda estávamos a pensar dar uma voltinha por ali, mas o frio era tanto que desistimos da ideia e fomos para o bar da Pousada beber um vinhinho do Porto.
Não resisti a fotografar o meu Bacalhau à Sta. Luzia, que mais parecia o Monstro das Bolachas!
No Bar/Lobby da Pousada
O belo do piano! Pode ser que um dia tenhamos um destes para o meu Mr. Big tocar só para mim!
O quartinho fofinho. Mas, para nossa grande desilusão, depois acabámos por descobrir que algumas zonas pouco acessíveis e de fraca visibilidade estavam carregadinhas de pó! "Shame on you", Pousadas de Portugal, que cobram fortunas pela estadia, mas que depois não limpam as zonas recônditas dos quartos! É por essas e por outras que eu escrevo reclamações (que nunca dão em nada, diga-se de passagem!).
Na manhã seguinte, a surpresa foi enorme, quando acordámos e nos deparámos com a vista à luz do dia! Enfim,  palavras para quê? Ficam as fotos...
A vista da Pousada, à luz do dia.
A esplanada da Pousada.
 Depois de andarmos lá pelo cimo do monte, onde aproveitar para conhecer o Templo do Sagrado Coração de Jesus e o funicular, ou ascensor (mas acho a palavra funicular bem mais engraçada!), descemos e passeámos por Viana do Castelo. Fomos aos Museus do Traje e da Arte e Arqueologia, deliciámo-nos com os docinhos da região, eu aproveitei para namorar as montras das ourivesarias...
O Templo do Sagrado Coração de Jesus, no monte de Santa Luzia, inspirado no Sacré Couer, em Montmartre, Paris.
A vista do topo do Templo.
E outra!
O funicular antigo, que já não anda, está só em exposição. O novo parece os eléctricos modernos e, por isso mesmo, não tem graça nenhuma! Este é bem mais catita!
Uma exposição sobre o processo de construção dos "Gigantones" das Festas de Nossa Senhora da Agonia.
Um pão-de-forma/escola de surf! Lindo!
A Igreja das Almas, que data do século XIII!
Uma peça exposta no Museu de Arte e Arqueologia, inserida na mostra "Artesanato e Design: Parcerias com futuro?". Acredito que com obras de arte lindas como esta, essa interrogação passará rapidamente a uma afirmação. Gostei muito!
Tal como já previa, desistimos de ir a Santiago de Compostela e em vez disso fomos para Ponte de Lima, que é uma vila fofinha fofinha! Mais uma vez, só foi pena o frio! Mas ainda hei-de voltar àquelas bandas durante o Verão! Fiquei cheia de vontade de fazer praia em Viana do Castelo e aproveitar o rio Lima também para uns mergulho!
A Ponte de Lima, literalmente!
Estes senhores romanos estátuas estão à beira rio... 
E este inha uma mensagem interessante no rabo!
Ponte de Lima ao cair da noite.
Os jardins onde todos os anos decorre o Festival Internacional de Jardins.
Depois de tudo isto, ainda deu para passar pelo Porto! O meu Mr. Big levou-me a um sítio todo janota: o Solar do Vinho do Porto! Saímos de lá com um cálice bebido e seis cálices comprados, e neste último caso, estou mesmo a falar dos copos próprios para tomar um Porto!

Saídos do Solar, fomo-nos enfiar no Aleixo, para um  jantar de aniversário de um amigo do meu Mr. Big. Comemos uns magníficos "filetes de polvo com arroz do mesmo", tão bom! Como eu me fartei de dizer durante estes dias no Norte, "aquela gente lá de cima sabe tratar-se bem"! 

Vindos para Lisboa, esperava-nos um dia de pinturas, desta vez o quarto... Conseguimos cumprir a missão a tempo de irmos para mais um aniversário, desta vez, em Cascais. 

Para acabar o fim-de-semana da melhor maneira possível, domingo à noite fomos à Culturgest ver e ouvir esse génio musical que dá pelo nome de Sérgio Godinho!
E só vos digo que, dos vários concertos dele em que já estive, para mim, este superou todos! Não parei de sorrir a noite toda! 
"É tão bom" ter fins-de-semana assim, inesquecíveis!
o magnífico Sérgio Godinho em palco!
No fim, os aplausos merecidos! Bernardo Sassetti, músico convidado também subiu ao palco, depois de ter contribuído para alguns dos melhores momentos da noite. Findo o espectáculo, fico à espera, ansiosamente, do CD ou DVD! Que grande concerto!

3 comentários:

Joaninha.porto disse...

Ah pois é! Nós aqui no Norte sabemos receber muito bem :) receber, diga-se, em todos os aspectos. Desde a comida deliciosa até à forma como recebemos, em si, as pessoas.

Foste ao Palácio de Cristal? :)


*

Mary disse...

Olá Joana!
A gastronomia do Norte é mesmo muito boa, variada, e bem mais em conta do que aqui em Lisboa!
Gostei muito de ir jantar ao Aleixo, por exemplo, onde a comida é excelente e o atendimento também foi bem carismático! As pessoas são mais genuínas!
Com muita pena nossa, desta vez fomos ao Porto só mesmo para jantar, por isso não deu para fazer grande coisa, mas adorei o Solar do Vinho do Porto! A vista é fantástica e dá para experimentar uma grande variedade de vinhos a preços muito em conta, pelo menos tendo em conta o que nos pedem aqui em Lisboa por um cálice de Porto!
Adoro a cidade do Porto e não perco uma oportunidade de ir até lá!

Joaninha.porto disse...

Olá Mary!

Sim, sempre que vou a Lisboa fico muito surpreendida..paga-se caro e não se come tão bem como aqui no Porto. Normalmente até opto por ir ao shopping porque ao menos sei com aquilo que conto.
O Solar do Vinho do Porto é fabuloso.
Quando cá voltares tens de passar em Sta Catarina, na Livraria Lello, na Torre dos Clérigos, na Rua Miguel Bombarda onde tem uma casa de chá fantástica, sei lá..ficar para a noite e ir até às Galerias (que é pertinho da Torre dos Clérgios e da Livraria Lello).
Mas tens de vir com tempo para não ficares apenas pelo Porto, mas dares um saltinho a Vila Nova de Gaia, subir até ao Mosteiro da Serra do Pilar, passear pelo Cais de Gaia e visitar uma das Caves, ir até às esplanadas e praias todinhas com bandeira azul.. :)

Beijinho grande *